Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Instruções Normativas > Últimas notícias > Jogos Integradores Binacionais movimentam a comunidade acadêmica do câmpus Santana do Livramento
Início do conteúdo da página
câmpus santana do livramento

Jogos Integradores Binacionais movimentam a comunidade acadêmica do câmpus Santana do Livramento

O evento, que aconteceu na terça-feira (11), teve a participação de todos os cursos da unidade

  • Escrito por Coordenadoria de Comunicação Social
  • Publicado: Quinta, 13 de Abril de 2017, 11h43
  • Última atualização em Quinta, 13 de Abril de 2017, 11h43

A terça-feira (11) foi de integração no câmpus Santana do Livramento. Durante todo o dia – das 8h às 23h – alunos dos cursos integrados e subsequentes participaram da edição “Operação Páscoa” dos Jogos Integradores Binacionais do IFSul (Jibifs). A competição, que acontece desde 2014, reuniu a comunidade acadêmica em torneios de futsal, voleibol, tênis de mesa e volençol – modalidade em que uma das posições no vôlei é jogada com um lençol. 

A competição aconteceu em três turnos – durante os turnos da manhã e da tarde, os alunos dos cursos integrados jogaram; a noite, foi a vez dos estudantes do subsequente. Cada uma das turmas constituiu uma equipe participante.

Todas as edições dos Jibifs têm temas diferentes: essa, que foi a primeira deste ano, foi chamada “Operação Páscoa”. As próximas temáticas serão o dia do estudante e a semana acadêmica do câmpus. 

“Os alunos foram além de atletas mesários, árbitros, organizadores, fotógrafos e toda a essência do nosso encontro”, diretora-geral do câmpus, Roberta Bermudes, que também participou da organização dos jogos, junto com o professor Celso Gonçalves. Para ela, os Jibifs integram a melhor parte do câmpus, fazendo com que todos os cursos se reúnam e fortaleçam as suas relações. “Esses encontros têm a capacidade de promover e de potencializar as nossas relações, que são essenciais para a amplificação do que sentimos. Cada encontro é uma oportunidade para que a gente possa cada vez mais se sentir pertencente ao IFSul”, destaca.

registrado em:
Fim do conteúdo da página