Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > O que é? > Sobre > Pesquisa avalia condições de saúde e hábitos da comunidade acadêmica do IFSul durante a pandemia
Início do conteúdo da página
participe

Pesquisa avalia condições de saúde e hábitos da comunidade acadêmica do IFSul durante a pandemia

Publicado: Sexta, 09 de Julho de 2021, 22h06 | Última atualização em Segunda, 02 de Agosto de 2021, 18h28 | Acessos: 2201

Etapa do estudo na Reitoria teve início no sábado (31) e vai até o próximo dia 21

O IFSul realiza a pesquisa “Respire”, que busca avaliar as condições de saúde física e mental, além de hábitos de vida de estudantes e profissionais da instituição durante a pandemia. O estudo será feito por meio de questionários online, e os dados obtidos servirão de base para viabilizar um plano de ações institucionais para quando ocorrer um retorno às atividades presenciais. A etapa da Reitoria teve início no último sábado, dia 31de julho, e vai até o dia 21 de agosto. Podem participar todos os servidores que atualmente trabalham na Reitoria, mesmo aqueles que têm lotação em algum câmpus.

>> Servidores da Reitoria participam pelo botão abaixo:

Segundo os pesquisadores, a ideia foi proposta à Reitoria e a todos os diretores e chefes de Ensino, que aprovaram e institucionalizaram a proposta. O projeto, então, foi enviado à Plataforma Brasil, uma base nacional e unificada de registros de pesquisas envolvendo seres humanos, e, em seguida, aprovado por um Comitê de Ética em Pesquisa.

A pesquisa Respire tem como objetivo atingir toda comunidade do IFSul: estudantes de todos os níveis de ensino, professores, técnicos-administrativos, terceirizados e estagiários. Serão dois questionários diferentes, um para estudantes e outro para os profissionais da instituição, com um tempo de resposta estimado de dez minutos, em média.

“É importante ressaltar que todos participem, sem receio algum, já que a pesquisa é segura, e os dados, sigilosos. O resultado obtido será fundamental para subsidiar ações que possam melhorar a qualidade de vida da nossa comunidade acadêmica”, destaca o coordenador da pesquisa, Thiago Borges.

 

Participe!

Para mais informações, envie e-mail para coorteifsul@gmail.com ou acesse as redes sociais da pesquisa (Instagram / Facebook)

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página