Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Curso superior do câmpus Bagé recebe reconhecimento do MEC
Início do conteúdo da página
reconhecimento

Curso superior do câmpus Bagé recebe reconhecimento do MEC

No processo de avaliação, o curso superior de tecnologia em alimentos do instituto recebeu conceito 4

  • Publicado: Sexta, 10 de Junho de 2022, 13h55
  • Última atualização em Sexta, 10 de Junho de 2022, 15h06

O curso superior de tecnologia em alimentos do câmpus Bagé recebeu o conceito 4 em avaliação de reconhecimento realizada pelo Ministério da Educação (MEC) entre os dias 30 de maio e 1º de Junho. O processo de reconhecimento foi feito com base na análise qualitativa de três dimensões: corpo docente e tutorial; organização didático-pedagógica  e infraestrutura, de acordo com os critérios avaliativos.

A aprovação do curso é uma condição necessária para que haja uma validação nacional dos diplomas para os graduandos. “O reconhecimento deve ser solicitado pela instituição de ensino quando o curso de graduação tiver completado 50% de sua carga horária e antes de completar 75%”, explica o titular da Coordenadoria de Avaliação da Educação (Caed), da Pró-reitoria de Ensino (Proen), Jander Monks.

Para o coordenador do curso, Roger Junges da Costa, o resultado alcançado é gratificante pelo fato de o curso possuir uma boa estrutura e corpo docente qualificado, e que tais condições foram ressaltadas pelos estudantes durante reunião com os avaliadores.

“O processo de avaliação e reconhecimento foi muito importante para o nosso curso, pois conseguimos demonstrar e comprovar a qualidade do trabalho que realizamos no IFSul. Todos os servidores envolvidos estão muito orgulhosos do resultado”, avalia Roger. O coordenador ressalta, principalmente, a atuação dos estudantes por ter sido de “extrema importância nessa conquista”.

O pró-reitor de Ensino, Rodrigo Nascimento da Silva, explica que a Proen tem atuado com grupos de trabalho, fazendo reuniões sistematizadas, trabalhando o aspecto pedagógico dos cursos de graduações, bem como, promovendo debates frequentes na Câmara de Ensino.

“O Resultado nos deixou muito felizes, mostrando que o trabalho e dedicação de todos conduz a conceitos que promovem à excelência acadêmica. O câmpus Bagé e a Reitoria têm organizado várias reuniões para atender às necessidades dos servidores e estudantes, realizando melhorias na infraestrutura, constantes atualizações na questão da acessibilidade, na biblioteca virtual e  nos laboratórios, buscando, assim, a eficiência acadêmica”, analisa o gestor.

Sobre o curso de tecnologia em alimentos

O curso teve início em 2018, tornando-se superior a partir da verticalização do curso técnico em agroindústria, contando, atualmente com 94 alunos matriculados. A primeira formatura ocorreu no final de 2021.

“Temos o objetivo de fortalecer a região, capacitando os estudantes a atuarem nas diversas indústrias e agroindústrias da região, como, frigoríficos, cerealistas, vinícolas, de azeite de oliva, de laticínios, entre outros”, ressalta o coordenador.

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página